fbpx
Close

Corridas

3h de SPA by WTF1

05 de Dezembro 2020

3h de SPA by WTF1

Posição: 14º

O site WTF1 (especializado em F1 e desde à algum tempo a apostar nos eSports, como forma de aumentar a sua notoriedade), convidou um conjunto de Equipas e pilotos para participarem numa corrida de 3h, no circuito de SPA-Francorchamps, tendo rapidamente todos os lugares ficado preenchidos. O simulador escolhido foi o rFactor2 com uma mistura de protótipos P2 e GTE na qual participaram 49 equipas compostas por dois pilotos cada equipa, inclusive o ex-piloto de Fórmula 1 Jenson Button.

Fui convidado mais uma vez pela R8G eSports (a Romain Grosjean Racing Team), pela qual já corri por 4 vezes na Season 4 do All-Stars, fazendo equipa ao lado do piloto Yuri Kasdorp. Como foi algo muito em cima da hora não houve muito tempo para treinar, principalmente porque não estava a contar fazer a corrida, e assim fui certamente dos pilotos com menos treino a participar.

Decidimos que o Yuri iria começar a corrida e depois eu iria entrar para os últimos 3 stints.

A qualificação correu dentro do esperado, porque o Yuri tinha outras corridas para treinar, e só muito tarde teve hipótese para se focar nesta prova, mas como ela teria 3 horas daria tempo para recuperar se fosse necessário, mas ainda assim partimos de P11.

Logo nas primeiras voltas ganhamos algumas posições e o Yuri conseguiu recuperar até 6º, apenas no primeiro stint, muito perto do 5º colocado.

Surgiram então as primeiras paragens nas boxes e veio o problema que nos arruinou a corrida; o Yuri ultrapassou um pouco o limite de velocidade nas boxes devido a um problema com o limitador de velocidade e levamos um stop and go de 10 segundos!

A partir de agora não havia muito a fazer a não ser tentar andar o mais rápido possível, e esperar por um virtual safety car tentando assim recuperar dessa maneira algum do tempo perdido.

Depois de cumprida a penalização o Yuri ainda recuperou até ao 20º lugar, e quando entrei no carro já tinha decorrido 1h25 de prova, ou seja, a 1 hora e 35 minutos para acabar no Top10 !

Dei o meu melhor e com algumas ultrapassagens e azares de outros concorrentes fui recuperando aos poucos, mas algo que gostaria de realçar foi o excelente comportamento dos pilotos dos GTE que quase nunca nos dificultaram a vida, tirando uma ou outra situação, que é perfeitamente normal nestas provas de endurance, foi sempre uma corrida muito limpa e bastante leal.

Depois de quase 3 horas de prova e de ter recuperado até ao 13º lugar, com os pneus já muito desgastados devido à estratégia diferente de todos os outros (devido ao Stop And Go) acabei por ser ultrapassado a cerca de 6 minutos do fim da corrida  acabando no 14º lugar.

Em resumo, e tendo em atenção a nossa velocidade durante toda a corrida, sem o Stop and Go, acredito que teríamos acabado a prova muito provavelmente na quarta posição, o que seria excelente tendo em conta o pouco treino que ambos tivemos, mas nestas coisas os “ses” não entram!

O que aconteceu faz parte das provas de endurance, onde o resultado final é a soma de tudo o que se passou de positivo e menos positivo a ambos os pilotos. Para quem está a começar neste tipo de provas, convém não esquecer que quando partilhamos o carro com outro piloto, umas vezes somos nós a cometer erros, outras vezes é o nosso companheiro de equipa, mas no fim o que interessa foi termos participado e dado o nosso melhor.

Se quiserem ver a corrida na íntegra (gravação da minha stream) fica aqui o link.

All Projects