fbpx
Close

Corridas

7h30 … em Bathurst !

01 de Março de 2021

7h30 … em Bathurst !

Fiz a estreia com a minha nova Equipa - Team Fordzilla, no difícil circuito de Mount Panorama, nas 12H de Bathurst by iRacing.

Fomos 4 pilotos a partilhar a condução do novo BMW M4 GT3 - o Rúben , o César ,o Javier  e eu.

Algumas notícias da semana passada, diziam que se esperava a inscrição de perto de 10.000 Equipas !? Estes números demonstram o crescimento do SimRacing a nível mundial.

Uma pista extremamente difícil, com os muros a cm de distância e onde cada erro pode resultar num abandono por danos. A última vez que tinha treinado e corrido no iRacing foi em Junho, parece que passaram anos tendo em atenção tudo o que se tem passado!

Gostava de ter treinado mais para a prova, mas tenho dividido o meu tempo também com a preparação para o Campeonato do Mundo de GT3 que começará muito em breve.

Ficamos inseridos no Split 4, com um SOF de 4.100 de irating o que para a nossa experiência no simulador, fazia antever um nível de concorrência bastante elevado!

Tudo começou mal, pois um erro na Qualificação fez-me retirar a pouca confiança que tinha pois, ainda não estava com o feeling a 100% no carro, e então a volta limpa de qualificação foi mais para não partir em último do que outra coisa qualquer; não fiquei longe do meu melhor tempo, mas um top10 estava ao alcance na minha opinião.

Ficou decidido que seria eu a iniciar a corrida, para um stint de 3 horas, partindo a meio da grelha, que não é nada fácil, e evitar toques ainda mais; começou no entanto tudo normalmente, até que ultrapassei um piloto à minha frente e na volta seguinte estava já a atacar o outro piloto da frente quando este me fechou a porta, e o piloto que vinha atrás decidiu fazer um ataque kamikaze e fomos os dois à parede, felizmente o meu carro ficou apenas com uns riscos na lateral direita e seguimos a corrida apenas com o carro riscado e ... um péssimo 32º lugar em 40 pilotos no total!?

Tinha assim uma ... remontada pela frente!

E assim foi, faca nos dentes e muito cuidado, mas passei ao ataque.

30º, 25º, 20º, 15º, 14º, 13º até que ao fim de 3 horas e três reabastecimentos e trocas de pneus, já estávamos a lutar pelo top 10.

Optamos por uma estratégia diferente de corrida, e quando o meu colega Javier entrou no carro entreguei-o no 8º lugar, uma excelente posição tendo em conta o que se passara nas primeiras 3 horas; ele conseguiu manter-se durante umas 10 voltas até que mais uma vez, um piloto que vinha atrás perdeu a paciência deu um toque no Javier, numa curva rápida, e o nosso carro acabou a bater de frente contra o muro, não a uma grande velocidade mas foi o suficiente para danificar a aerodinâmica do carro e começamos a perder cerca de segundo e meio por volta!

A partir daí fomos caindo na classificação, até que o César entrou no carro e pouco depois fez um pião, um piloto que vinha atrás não se apercebeu e foi bater em cheio no carro. Resultado? Game over.

Muitos danos e a desistência. Uma experiência que não correu como todos desejávamos, mas que nos veio trazer muita experiência e na próxima vez certamente que os erros já vão ser poucos ou nenhuns e o resultado irá aparecer.

Em 2022 lá estaremos!

All Projects